Loading
  • 26 de Novembro, 2010
  • Por Carlos Esperança
  • Religiões

Os crentes, as crenças e o DA

Os crentes fogem dos factos como os cristão dizem que o demo foge da cruz. Nada há mais demolidor para a fé e prejudicial para a alma do que a semente da dúvida.

Quem pode desconfiar do corpo e do sangue de Cristo que vão inteiros na rodela de pão ázimo que os sinais cabalísticos de um padre transubstanciou? Quem se atreve a pôr em causa a origem das toneladas de madeira, guardadas em relicários, oriundas da cruz que Cireneu ajudou a carregar àquele judeu a quem atribuíram a fundação da seita? Quem duvida da virgindade de Maria e dos voos rasantes do arcanjo Gabriel para anunciar a Maria a gravidez da pomba? Quem duvida da santidade dos papas e da virtude dos bispos?

Que cepticismo põe em causa a capacidade poliglota do arcanjo Gabriel que falava para Maria em aramaico e para um analfabeto condutor de camelos em árabe? Quem duvida do gozo divino na lapidação de adúlteras e da sua ira com os pecados dos homens?

Só os endiabrados incréus pensam que a Verónica é uma contrafacção, que a doação de Constantino foi uma piedosa falsificação, que a infalibilidade de um papa pode ser posta em dúvida, que a mulher nasce sem pecado original, que deus abomina o álcool, o sexo e o trabalho nos dias santos, que a Palestina não é herança dos judeus e que o Antigo Testamento não é um livro sagrado mas uma obra literária.

O raio dos factos vieram provar que deus não criou Adão e Eva na olaria onde matava o ócio e se dedicava a soprar os bonecos que criava; que o mundo é muito mais antigo do que deus, que não foi criado no dia 23 de Outubro do ano 4004 AC, numa sexta-feira, às seis horas da tarde, como provou o bispo Usshr no século XVII, que há outras verdades para além desses livros que intoxicam as crianças e envenenam o mundo.

Mas se os crentes se dão bem com as verdades a que se habituaram desde tenra idade, se foram mergulhados em água benta e confirmados com óleos santos pelas manápulas de um bispo, porque não ficam com as suas certezas e deixam os factos para quem tem dúvidas?

Ateo gratias.